quinta-feira, 13 de maio de 2021

Décimo Aniversário do Blog "Navegações nas fronteiras do Pensamento"

 

Peça de arte usando papel (técnica chamada quilling)
da artista búlgara Gergana Pencheva



Hoje, 13/05/2021, celebra-se o 10º Aniversário do Blog “Navegações nas fronteiras do Pensamento”. Aquilo que começou como algo despretensioso e que se destinava fundamentalmente a estimular as produções acadêmicas de uma turma de Mestrado em Educação na Universidade do Estado de Minas Gerais no já “longínquo” ano de 2011, acabou ganhando uma dimensão surpreendente. Com mais de 40 mil postagens e lançando mão de textos de renomados autores de vários campos do saber, o blog se transformou numa mini biblioteca que tem conquistado, a cada dia, novos leitores. Seus mais de 1.700 acessos diários revelam que o caminho que está sendo trilhado é encorajador, por forma não apenas a manter o modelo que adotamos na estruturação das postagens, mas de procurarmos, incessantemente, melhora-las. Aqui vão os meus maiores agradecimentos a essa multidão de leitores anônimos que me tem prestigiado e encorajado com suas “visitas” ao Blog.







Não há poeta

 


 

 

Não há poeta para a réstia de sol



de um rosto engelhado de luz.



Não há poeta para o poema de um momento



entre a singeleza do pensamento



feito suspiro de terra seca



e um estuário de rugas



cavadas de longas madrugadas.



Não há poeta para a liberdade de criar sem algemas



a majestade de um só verso



feito sorriso de cristal.



Não há poeta para tão serena harmonia



da assilabada amargura do peso do tempo.



Não há poeta para a nudez da vida



perdida para lá de um rosto apagado de ilusões.



Não há poeta para uma flor aberta



nos olhos do silêncio entre a vida e a morte.

 

 


 

Adão Cruz






Primeiro Mar

 


 

 

 

Tantas páginas lidas muito antes


Tantos livros que enchiam as estantes


Tantos heróis a povoar os sonhos


Tantos perigos, monstros tão medonhos



 

Nos tempos sem tevê e sem imagem


Palavras fabricavam paisagem



 

Tesouros, mapas, ilhas tropicais,


Argonautas, recifes de corais,


Perigos na neblina entre rochedos,


Vinte mil léguas cheias de segredos.



 

Histórias de naufrágio e abordagens,


Ulisses, Moby Dick, mil viagens,


Robinson, calmarias, um motim,


Descobertas, veleiros, mar sem fim.



 

 

 

 

Ana Maria Machado



2 comentários:

Laurici Vagner Gomes 14 de maio de 2021 08:23  

Parabéns Miguel pelos dez anos desse Blog maravilhosos, que faz jus ao seu nome, "Navegações nas fronteiras do Pensamento". Não poderia haver nome mais exato para descrever a experiência formativa que esse blog nos propicia. Navegar nas fronteiras em nossa época é um exercício difícil, na contramão dos fundamentalismos de diversas vertentes, mas que nos possibilita vislumbrar outros mundos possíveis. Como uma navegante no rio heraclitiano, faço votos de longevidade ao Blog "Navegações nas fronteiras do Pensamento".

Saudações aos navegantes e, mais um vez, meus parabéns para o professor Miguel.

Prof. Laurici Vagner Gomes.

Renata Castro 15 de maio de 2021 10:18  

Parabéns, Prof. Miguel!

A luta por um mundo mais humano será sempre o seu legado para "além dos muros da escola", ou melhor, para além do campus universitário.

Gratidão!

Renata

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP