terça-feira, 7 de julho de 2020

"Todo o espaço" - Jacky

Terapia de casal para namorados | Psicólogo em São Paulo


Todo o espaço


Há espaço para o que te escrevo

e para o que deixo nas entrelinhas.

Há espaço para o cair das folhas

e para o regresso das andorinhas.

Há espaço para a quentura do sol

e para a frieza da indiferença.

Há espaço para o canto do rouxinol

e para a dureza da sentença.

Há espaço para a fluidez do dia

e para as estrelas do crepúsculo.

Há espaço para o despir da folia

e para o Homem maiúsculo.

Há espaço para a felicidade

e para o tempo de inquietude.

Há espaço, sem ti, de saudade

e também, de ti, em plenitude.

Há espaço para a terra-de-ninguém

e para a densidade da multidão.

Há espaço para o vazio do além

e para os afetos do coração.

Há espaço para o ali,

o agora e o aqui.

Todo o espaço

de mim para ti.


Jacky 

Giuseppe Cocco: Os desafios para enfrentar Bolsonaro e o fascismo social brasileiro

Os desafios para enfrentar Bolsonaro e o fascismo social ...
Os desafios para enfrentar Bolsonaro e o fascismo social ...

O governo de Jair Bolsonaro não parece ter assimilado que é governo e vive como se estivesse constantemente num processo de campanhas eleitorais em que se move através da promoção de guerras culturais, na caça ao inimigo. É nessa linha que o professor Giuseppe Cocco avalia que “Bolsonaro sempre foi isso sociologicamente, agora ele é mesmo a expressão política das facções dessa guerra que bloqueia a democracia brasileira”. E mais, a resiliência de Bolsonaro na opinião pública está atrelada à base dura do bolsonarismo, uma camada social que de fato sempre pactuou com essas lógicas defendidas pelo presidente e nunca foi majoritária. “Não devemos cair no efeito de ilusão ótica da aparente resiliência de Bolsonaro. Seu núcleo duro é o fascismo (ou neoescravagismo) social (esse que a gente viu no episódio do menino que morreu em Recife, por exemplo)”, observa. E acrescenta: “o fascismo social brasileiro sempre esteve presente. A novidade é que agora ele tem uma cara ideológica, não vota mais PMDB ou em um partido do Centrão”, observa.
Para ler a entrevista de Giuseppe Cocco clique aqui

Leia "Entrevista: 'Bolsonaro é o populista que mais se aproximou do fascismo na história', diz Federico Finchelstein" de Rosa Pinheiro-Machado clicando aqui

Leia "É possível dialogar com bolsonarismo popular moderado" Entrevista com Camila Rocha clicando aqui

Leia "Por que o apoio a Bolsonaro não desmorona" de André Pereira Neto, Matthew B. Flynn e Letícia Barbosa clicando aqui

Leia "O merecido fim do Escola Sem Partido" de Salomão Ximenes e Fernanda Vick clicando aqui

Leia "As colunas de fogo e os vis liberais amigos do fascismo" de Tarso Genro clicando aqui

Leia "O papel da extrema direita é fazer a população oprimida se reestruturar. Nós temos que derrotá-la" de Daniela Mercier clicando aqui

Leia "Da arte de ocultar a verdade ou as "verdades loucas" de Chesterton" de Luiz Alberto Gomez de Souza clicando aqui

Leia "A garantia militar de lei e ordem é incompatível com a República" de Jorge Folena clicando aqui

Leia "No clube dos 0,0001%" de Ricardo Musse clicando aqui

Leia "Confissão de Moro e FBI: processos contra Lula precisam ser anulados" de Juca Simonard clicando aqui

Leia "No coração da Amazônia, uma história trágica da mineração" de Thaís Borges e Sue Branford clicando aqui

Leia "Diário da Covid-19: Brasil vive um pandemônio sanitário, econômico e ambiental" de José Eustáquio Diniz Alves clicando aqui

Leia "Desobediência civil agrava mortalidade da Covid: o que leva o indivíduo a não se proteger?" de Paulo Cannabrava Filho clicando aqui

Leia "Pesquisadores brasileiros anunciam supertratamento que pode curar o HIV" de Daniel Froes clicando aqui

Leia "Florestan 100 anos. A sociologia militante de Florestan Fernandes" de Maria laura López clicando aqui

Leia "Clarice Lispector, voluntária durante 2ª Guerra Mundial: "Senti a beleza profunda da luta"" de Ana Livia Esteves clicando aqui


Emendas constitucionais afirmam legado e esboçam futuro da era Putin na Rússia

putin rzhev kremlin

Entre 25/06 e 01/07, a Rússia passou por uma votação nacional sobre emendas constitucionais que, entre outros fatores, conferem a Vladimir Putin a possibilidade de permanecer presidente do país até 2036. Especificamente, a nova redação do artigo 81 da constituição russa, ao “zerar” a contagem de mandatos presidenciais exercidos antes da implementação das emendas, permite a Putin candidatar-se à presidência novamente em 2024 e 2030. Antes disso, Putin, por esgotar o antigo teto de dois mandatos consecutivos (2012-2018 e 2018-2024), não poderia concorrer a uma nova eleição em 2024. 
Para ler o texto de Gustavo Oliveira clique aqui

Leia "Distância física e harmonia comunitária e socialde Walter D. Mignolo clicando aqui

Leia "O grande reset econômico de Davos" de Daniel Espinosa clicando aqui

Leia "A guerra, a preparação para a guerra e a "transição energética"de  José Luis Fiori clicando aqui

Leia "Todo poder aos espaços makersde Guy Rundle clicando aqui

Leia "Cor de pele, estatuto social e tomada de decisãode Rui Costa Lopes clicando aqui

Leia "Argentina: taxar fortunas entra no centro do debatede Fernanda Paixão clicando aqui

Leia "Egito: a luta contra o autoritarismo" clicando aqui

Leia "O novo velho continente e suas contradições: Verdes. Os partidos do fim do mundode Celso Japiassu clicando aqui

Leia "Quando falta bom sensode Raymundo de Lima clicando aqui

Leia "Como vai o seu amor?" clicando aqui

Leia "Defina trabalho" clicando aqui

Alizée - "J'en ai marre!"

Alizée - J'en ai marre ! (Live HD) - YouTube

Para assistir à interpretação de "J'en ai marre!" na voz de Alizée clique no vídeo aqui

A era do 'vale-tudo' nas redes sociais está acabando

Matt Marshall, do grupo conservador Washington State Three Percent (3%), discursa em um comício para protestar contra o confinamento, em abril. O Facebook proibiu uma rede violenta de movimentos antigovernamentais filiados vagamente ao movimento "Boogaloo". As camisas havaianas são um de seus símbolos

Decisões importantes do Youtube, Facebook, Reddit e Twitch demonstram que não é mais permitido todo discurso político. 
Para ler o texto de Jodi Pérez Colomé clique aqui

João Bernardo: "A barbárie"

Arquivos direitos humanos - Cidadania23

Apresentar como proletária a indústria cultural de massas é a apologia da barbárie. 
Para ler o texto de João Bernardo clique aqui

Trump será reeleito? Artigo de Manuel Castells

Trump será reeleito?

Trump será reeleito? Antes da crise não havia dúvidas. Uma economia dinâmica, um nacionalismo arrogante em mais de um terço do eleitorado e o apoio majoritário entre os homens brancos assustados pelo crescente poder das mulheres e minorias étnicas garantiam um triunfo nos estados decisivos na eleição: o Meio-Oeste e a Flórida. A desastrosa gestão da pandemia, o afundamento da economia e a mobilização popular contra o racismo da política (que muitas mulheres e jovens brancos compartilharam) suscitaram uma guinada na opinião pública”, escreve Manuel Castells
Para ler seu texto clique aqui


(Reuters/Carlos Barria)

Biden e a esquerda norte-americana

Joe Biden pode não levar a um futuro mais social e mais democrático, mas não pode impedir o ímpeto da esquerda em relação a esse futuro. 

Para ler o texto de Jeff Faux clique aqui


O presidente Donald Trump, com o conselheiro econômico, Larry Kudlow, e o secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, discute os últimos números do emprego em uma coletiva de imprensa na Casa Branca, na quinta-feira (2/7). (Jim Watson/Getty Images)

A economia americana não vai voltar ao normal 

Washington terá que tentar manter as coisas à tona. De novo! 

Para ler o texto de Mary Harris clique aqui



Coronavírus: um filme de terror para Hollywood

Indústria do cinema já perdeu, pelo menos, US$ 7 bilhões e especialistas preveem que a pandemia causará uma mudança permanente no setor. 
Para ler o texto de José Eduardo Mendonça clique aqui

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP