domingo, 21 de julho de 2019

"Pergunta-me" - Mia Couto

Resultado de imagem para mulher entre lençoes

Pergunta-me

Pergunta-me
se ainda és o meu fogo
se acendes ainda
o minuto de cinza
se despertas
a ave magoada
que se queda
na árvore do meu sangue

Pergunta-me
se o vento não traz nada
se o vento tudo arrasta
se na quietude do lago
repousaram a fúria
e o tropel de mil cavalos

Pergunta-me
se te voltei a encontrar
de todas as vezes que me detive
junto das pontes enevoadas
e se eras tu
quem eu via
na infinita dispersão do meu ser
se eras tu
que reunias pedaços do meu poema
reconstruindo
a folha rasgada
na minha mão descrente

Qualquer coisa
pergunta-me qualquer coisa
uma tolice
um mistério indecifrável
simplesmente
para que eu saiba
que queres ainda saber
para que mesmo sem te responder
saibas o que te quero dizer 

Mia Couto

Deltan Dallagnol, em chats secretos, sugeriu que Sergio Moro protegeria Flávio Bolsonaro para não desagradar ao presidente e não perder indicação ao STF


Em chats secretos, Deltan Dallagnol, coordenador da operação Lava Jato, concordou com a avaliação de procuradores do Ministério Público Federal de que Flávio Bolsonaro mantinha um esquema de corrupção em seu gabinete quando foi deputado estadual no Rio de Janeiro. Segundo os procuradores, o esquema, operado pelo assessor Fabrício Queiroz, seria similar a outros escândalos em que deputados estaduais foram acusados de empregar funcionários fantasmas e recolher parte do salário como contrapartida.
Dallagnol disse que o hoje senador pelo PSL Flávio Bolsonaro, filho do presidente da República, “certamente” seria implicado no esquema. O procurador, no entanto, demonstrou uma preocupação: ele temia que Moro não perseguisse a investigação por pressões políticas do então recém eleito presidente Jair Bolsonaro e pelo desejo do juiz de ser indicado para o Supremo Tribunal Federal, o STF. 
Para ler o texto completo Glenn Greenwald e Victor Pougy clique aqui
Leia "O negócio da Lava Jato com a indústria da anticorrupção" de Luis Nassif clicando aqui
Leia "Sistema de Justiça, órgãos de controle e PGR se calam diante das revelações do 'Intercept'" clicando aqui
Leia "Vazamentos da Lava Jato jogam luz nos limites éticos do Judiciário e MP" de Regiane Oliveira clicando aqui
Leia "Interdição, já!" de Marcelo Uchoa clicando aqui
Leia "Kakay: como vamos enfrentar este idiota que está na presidência?" clicando aqui
Leia "Bolsonaro cometeu crime comum e de responsabilidade. Por qual será deposto?" de Reinaldo Azevedo clicando aqui
Leia "SBPC defende Inpe de ataque 'ideológico' e 'sem fundamento' de Bolsonaro" clicando aqui
Leia "Bolsonaro tem medo de mulher" de Antonia Pellegrino clicando aqui
Leia "Língua de Bolsonaro tornou-se líder da oposição" de Josias de Souza clicando aqui
Leia "Por algumas horas, Bolsonaro conseguiu ser mais Bolsonaro do que nunca" de Leonardo Sakamoto clicando aqui
Leia "Agenda de Eduardo Bolsonaro como embaixador nos EUA vai ser dedicada ao bolsonarismo" de  João Filho clicando aqui

Verdadeiro ou falso? 13 teorias conspiratórias em que muita gente acredita

el hombre en la luna

A Terra é plana e a Nasa nos engana, o homem não pisou na Lua, Jesus foi casado e teve filhos... O que há de verdade nelas. 

Para ler o texto completo de Eduardo Bravo clique aqui


'Chernobyl' propaga desinformação científica, diz físico

Resultado de imagem para 'Chernobyl' propaga desinformação científica, diz físico

Henrique Gomes critica a possibilidade de série funcionar como propaganda antinuclear. 

Para ler seu texto clique aqui



10 mirantes irrenunciáveis (inclusive se você tiver vertigem) 

Os pisos de vidro acima do vazio e os arranha-céus vertiginosos geralmente impressionam, mas um dos melhores panoramas da Noruega é obtido de um enorme trampolim de rocha. O Preikestolen parece desafiador 604 metros acima do Lysefjord, na região de Stavanger ( regionstavanger-ryfylke.com ), na acidentada costa oeste do país. Em um ambiente muito montanhoso, esta proa rochosa se destaca como uma torre de vigia natural, como um terraço formidável saliente acima da água. As visões são tão amplas quanto vertiginosas, e ainda mais desconfortáveis se notamos as rachaduras que cobrem sua superfície plana, o resultado de 10.000 anos de erosão glacial. A plataforma tornou-se uma das grandes atrações turísticas da Noruega e uma foto essencial no Instagram de qualquer viajante. Da estrada de acesso ao Púlpito, há duas horas de caminhada, e a melhor época para subir é de abril a setembro.

De uma passarela a 2.700 metros nos Alpes a um trampolim de design sobre o vazio no sul do Tirol, enclaves para alucinar com as vistas. 
Para ver os 10 mirantes clique aqui

"Um sonho a dois" - Roberta Sá e Pedro Mariano

Imagem relacionada

Para assistir à interpretação de "Um sonho a dois" nas vozes de Roberta Sá e Pedro Mariano clique no vídeo aqui

O sexo desapareceu em Hollywood?

Fotograma de 'O Destino Bate à Sua Porta' (1981)

A indústria cinematográfica norte-americana se volta para filmes adequados a todos os públicos e evita o conteúdo erótico. 

Para ler o texto completo de Elsa Fernández Santos clique aqui

Vendavais

Mínimos detalhes de paisagem | 2015 | Cristina Ataíde (cortesia da artista)

Já se fez tarde e o Anjo benjaminiano, o seu “Anjo do Progresso”, já não é o de Paul Klee, jaz ele mesmo em cacos no meio de destroços seculares. O seu rosto distorcido e as suas asas quebradas estão manchados de sangue vermelho. É claro que falhou completamente não só em conter o vento que soprava do Paraíso, mas outro tipo de vendaval, mais capaz de vir do Inferno, ou daquilo que passa por Inferno nos nossos dias, a perversão humana, demasiado humana, dos poderosos, na sua investida para nos reduzir, a todos nós outros, à condição de escravos ou animais. 
Para ler o texto completo de Paulo de Medeiros clique aqui

Quando todos somos fascistas

Quando todos somos fascistas

Cem anos depois da fundação do fascismo na Itália, vários livros analisam suas semelhanças e diferenças com a extrema-direita em ascensão no mundo todo. 

Para ler o texto completo de Daniel Verdú clique aqui

sábado, 20 de julho de 2019

"Pedido" - Nuno Júdice

Resultado de imagem para mulher semi-despida no quarto


Pedido

O que te peço:

uma moeda contra o vazio do coração,
sem cara nem coroa, valendo apenas
a brancura do teu corpo;

um laço nos cabelos, a prender
o fruto da tua alma que amadurece
nos meus olhos;

o murmúrio que esqueceste,
uma noite, num fundo de almofada,
e ainda voa na minha memória.


Nuno Júdice

Ex-ministros de dez governos se unem contra retrocessos da gestão Bolsonaro

Encontro de ex-ministros da Educação ocorreu em junho em São Paulo

Quatro dezenas de ex-ministros e ex-ministras de sete presidentes diferentes deixaram de lado as diferenças ideológicas e se uniram em defesa da Constituição, além de denunciarem as ameaças à democracia e ao desenvolvimento nacional por parte do governo Jair Bolsonaro. 
Para ler o texto de Pedro Biondi clique aqui

Leia "Moro e Bolsonaro ameaçam a democracia, diz Kennedy Alencar" clicando aqui

Leia "Ele nos distraiu e nos enganou de novo: o que o governo aprontou enquanto Bolsonaro mentia para proteger os filhos" de Leandro Demori clicando aqui

Leia "Mentiras envenenam a imagem do presidente e ofuscam as boas notícias" clicando aqui

Leia "Nem rosa, nem azul: como é ser pessoa intersexo no Brasil" de Marcello Souza clicando aqui

Leia "O pranto dos livros" de Antonio Candido clicando aqui

Leia "HUMOR: Já entreguei pizza nos EUA: quero um consulado" de Marcos Nogueira clicando aqui


Cirque du Soleil: TORUK

Resultado de imagem para TORUK Music Video | "Direhorses" | Cirque du Soleil - New Circus Songs Every Tuesday!

Para assistir ao espetáculo "Toruk" pela companhia Cirque du Soleil clique aqui

"Subúrbio" - Chico Buarque e Moyseis Marques

Resultado de imagem para Subúrbio I Moyseis Marques Part. Chico Buarque (Vídeo Oficial)

Para assistir à interpretação de "Subúrbio" nas vozes de Chico Buarque e Moyseis Marques clique no vídeo aqui

Racismo: o pior cego é o que não quer ver

Resultado de imagem para Racismo

Os portugueses não são racistas. É um dos mitos mais arraigados no imaginário português. Um mito que resulta de décadas de propaganda que desenharam o autorretrato de uma nação tolerante, mestiça, cosmopolita e aberta ao mundo. Vem do luso-tropicalismo mas até lhe é anterior. Isto apesar de termos sido um dos últimos países a descolonizar e de termos prolongado o trabalho forçado de africanos até ao início dos anos 60, na lei, e até ao fim do Estado Novo, na prática. 
Para ler o texto completo de Daniel Oliveira clique aqui

Morre Agnes Heller, a filósofa da vida cotidiana que sobreviveu ao Holocausto

agnes heller

Foi uma das pensadoras mais influentes do século XX, autora de uma ampla obra que refletiu sobre a história e a razão. 

Para ler o texto completo clique aqui

Por um Fanon revolucionário


“Os filósofos têm apenas interpretado o mundo de maneiras diferentes; a questão, porém, é transformá-lo.”[1]Frantz Fanon foi um desses transformadores. Em sua obra, bem como em sua vida, sempre soube aliar a teoria à prática não apenas para compreender e tornar cognoscível o mundo que o cercava e o mundo dentro de si, mas, sobremaneira, para transformá-lo. Dentre as ferramentas de seu vasto arsenal teórico, além de Freud e Hegel,  se encontravam Marx, Lênin e Mao. É compreendendo Fanon enquanto intelectual e militante, cuja prática bem como a teoria bebia nas fontes do Marxismo-Leninismo, que se torna tão importante compreender suas categorizações teóricas dentro desse instrumental.
Para ler o texto completo de João Carvalho clique aqui

sexta-feira, 19 de julho de 2019

"Acordares" - Encandescente

Resultado de imagem para mulher entre lençoes


Acordares

Acordei e encontrei o teu cheiro, não a ti porque tinhas já saído. Mas deixas sempre o teu cheiro para me acordar, para eu rolar para o teu lado da cama, ainda quente, as marcas da tua cabeça na almofada, as marcas do teu corpo nos lençóis e uma das pontas está mais amachucada, foi essa a ponta que prendeste e cerraste na mão, enquanto a minha boca te procurava e apagava de ti os vestígios do dia, das horas, do tempo que não foi meu …
E no lençol ficou marcado o grito que a tua mão soltou, quando no teu corpo só estava eu, e nada mais sabias senão da minha boca, e nada mais havia senão a vontade do teu corpo, que se levantava ao meu encontro, e agitavas a cabeça marcando a almofada...E deixavas cheiro e calor para eu te encontrar ao acordar. 

Encandescente


O Brazil de Bolsonaro é o Brasil fora de si


Entre indicar seu filho intelectualmente limítrofe como embaixador do Brasil nos EUA e intervir para que fosse cancelada uma política de inclusão de transexuais, travestis e transgêneros na UNILAB (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira), Bolsonaro defendeu o trabalho infantil (de crianças e adolescentes pobres, claro) e divulgou um trecho do documentário de Maria Augusta, "O processo", como se fosse um "vazamento" de uma conversa do Gilberto Carvalho, ou seja, o presidente cometeu publicamente uma fraude. Seu eleitorado aplaudiu e buscou "justificar" as atitudes de seu "mito", como também tenta "justificar" os desvios de conduta de seu ministro da Justiça, Sergio Moro, quando juiz da Lava Jato.
Para ler o texto completo de Jean Wyllys clique aqui

Leia "Zero três vira o zero um entre Bolsonaros"  de Tahis Bilenky clicando aqui

Leia "Um governo peçonhento com medidas tóxicas"  de Igor Carvalho clicando aqui

Leia "Contingenciamentos: a barbárie nos númerosde Carmela ZigoniCleo ManhasLeila Saraiva e Livi Gerbase clicando aqui

Leia "'Para viver, dependo de remédios do SUS que Bolsonaro cortou'"  de Renata Vilela clicando aqui

Leia "Seis meses depois, o que sobrou da promessa de fazer 'nova política'?"  de Victor Ohana clicando aqui

Leia "Petições contra ataques na educação somam 3 milhões de assinaturas"  clicando aqui

Leia "Soja brasileira, máquinas europeias"  de Emily Almeida, Luigi Mazza e Renata Buono clicando aqui

Leia "A elite brasileira é egoísta"  de  Michel Alcoforado clicando aqui

Leia "Endocrinologista brasileira Maria Angela Zaccarelli Marino alerta sobre os riscos da obesidade na infância e adolescência" clicando aqui

Leia "Comunidades kalungas vizinhas a Vão de Almas recusaram projeto de Alex Atala para baunilha do Cerrado"  de Sara Almeida Campos clicando aqui

Leia "Agromitômetro: Evaristo de Miranda" clicando aqui

Leia "Mudanças climáticas podem ser mais letais à Floresta Amazônica do que desmatamento" clicando aqui

Assista ao vídeo "Unifesp no Xingu, outros saberes possíveis"  clicando aqui

Leia "João Gilberto pra acabar com a apatia"  de Juca Ferreira clicando aqui

Leia "Um eslavosamba de João Gilberto: o mostra-esconde da canção"  de Cacá Machado clicando aqui

Leia "Sebastião Salgado critica política ambiental do governo e abre mostra sobre Serra Pelada"  de Ubiratan Brasil clicando aqui

Quem são e onde estão os pobres do mundo

Pobreza no mundo

ONU adverte que a desigualdade, assim como a discriminação sofrida por mulheres, minorias étnicas, o coletivo LGTBI e a população rural impedirá que os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável sejam alcançados em 2030. 

Para ler o texto completo de Alejandra Agudo clique aqui


Leia "O Dia da Bastilha, a corrupção, a inépcia e as catástrofes de Trump: "American Curious"" de David Brooks clicando aqui

Leia "A ciência que veio da Lua" de Miguel Ángel Criado clicando aqui

Leia "Aplicativo ajuda 120 mil pessoas a verem melhor" de Davi Bonela clicando aqui

Leia "O uso prolongado de computadores e celulares afeta o seu sono desta forma" de David Dorenbaum clicando aqui

2CELLOS - "Mombassa"

Resultado de imagem para 2CELLOS - Mombasa

Para assistir à interpretação de "Mombassa" pelos 2CELLOS clique aqui

Pós-capitalismo na era do algoritmo (final)


As mesmas tecnologias que permitiram a manipulação da política podem abrir espaço para democracia radical, novas relações com a natureza e superação do mercado. Em torno desta contradição vão se dar disputas cruciais no século XXI. 
Para ler o texto completo de Cédric Durand e Razmig Keucheyan clique aqui

"O excesso de trabalho pode estar associado a uma morte súbita"

Resultado de imagem para "O excesso de trabalho pode estar associado a uma morte súbita"

O médico psiquiatra Pedro Afonso, professor auxiliar na Faculdade de Medicina de Lisboa, recusa comentar as mortes de professores que a Fenprof quer ver investigadas, mas confirma que as mortes por exaustão são uma realidade há muito conhecida no Japão, por exemplo, onde até existe uma palavra para as designar: karochi
Para ler sua entrevista clique aqui

Combates pela História

Memorial de homenagem aos presos políticos – Museu Nacional Resistência e Liberdade – Fortaleza de Peniche

A História não só demarca o discurso político, como, muitas vezes fica no centro da atualidade. É como se o passado não largasse o presente, mas, de facto, é porque o passado condiciona o presente e as atitudes políticas. 
Para ler o texto completo de Nuno Pinheiro clique aqui

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Perfume de rosa" - Almeida Garrett


Imagem relacionada

Perfume de rosa

Quem bebe, rosa, o perfume
Que de teu seio respira?
Um anjo, um silfo? Ou que nume
De seu trono te ajoelha,
E esse néctar encantado
Bebe oculto, humilde abelha?
— Ninguém? — Mentiste: essa frente
Em languidez inclinada,
Quem te pôs assim pendente?
Dize, rosa namorada.
E a cor de púrpura viva
Como assim te desmaiou?
E essa palidez lasciva
Nas folhas quem te pintou?
Os espinhos que tão duros
Tinhas na rama lustrosa,
Com que magos esconjuros
Tos desarmaram, ó rosa?
E porquê, na hástia sentida
Tremes tanto ao pôr do Sol?
Porque escutas tão rendida
O canto do rouxinol?
Que eu não ouvi um suspiro
Sussurrar-te na folhagem?
Nas águas desse retiro
Não espreitei a tua imagem?
Não a vi aflita, ansiada...
— Era de prazer ou dor? –
Mentiste, rosa, és amada,
E tu também tu amas, flor.
Mas ai!, se não for um nume
O que em teu seio delira,
Há-de matá-lo o perfume
Que nesse aroma respira.

Almeida Garrett

O Brasil ao lado das ditaduras mais cruéis do mundo

Bolsonaro na posse de Gustavo Montezano como presidente do BNDES em 16 de julho.

No Conselho de Direito Humanos da ONU, o nome do Brasil já não acompanha a Europa ou mesmo a América Latina, mas príncipes árabes, em nome da suposta defesa da família. 

Para ler o texto completo de Jamil Chade clique aqui


Leia "Ilegalidade de Moro levou parceiro de Deltan a ver caos e jogo para plateia" de Reinaldo Azevedo clicando aqui

Leia "Para além de Flávio Bolsonaro, entenda a decisão de Toffoli sobre Coaf" de Igor Leone clicando aqui

Leia "Flávio reduz Moro à condição de atração turística" de Josias de Souza clicando aqui

Leia "O que Moro fez é comum" de Denis R. Burgierman clicando aqui

Leia "É absurdo achar que Eduardo terá atenção especial dos EUA, diz Ricupero" clicando aqui

Leia "Bolsonaro evoca Lula para justificar filho nos EUA" de Josias de Souza clicando aqui

Leia "Carta de Paris: A Suécia como modelo" de Leneide Duarte-Plon clicando aqui

Leia "Future-se: entenda os principais pontos do programa do MEC " de Ana Luiza Basilio clicando aqui

Leia "'Divino Amor': filme futurista é uma crítica à hipocrisia do Brasil evangélico de Bolsonaro" de Alexandre Gonçalves clicando aqui


Boaventura de Sousa Santos: Descolonizar o saber e o poder

(Arquivo/Agência Brasil)

A continuidade da dominação segrega um senso comum capitalista, racista e sexista que serve as forças de direita, até porque é reproduzido incessantemente por grande parte da opinião publicada e pelas redes sociais. 

Para ler o texto completo de Boaventura de Sousa Santos clique aqui


Leia "Apátridas e refugiados: direitos humanos a partir da ética da alteridade" de Gustavo Oliveira de Lima Pereira clicando aqui

Leia "Ruy Duarte de Carvalho: sob o signo da contradiçãode Rita Chaves clicando aqui

Leia "Cuba imersa em levantar sua economia, apesar do bloqueio criminoso dos Estados Unidosde Cosset Lazo Pérez clicando aqui

Leia "Orbán recorre a um cristianismo distorcido para governar a Hungriade Shaun Walker  clicando aqui








  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP