sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

"Reconstituição" - Elisa Lucinda

Resultado de imagem para "Reconstituição" - Elisa Lucinda


Reconstituição

Tive de repente
saudade da bebida que eu estava bebendo...
tive saudade e tentei me lembrar que gosto faltava,
qual era a bebida...
Fui procurando entre copos e móveis
e dei com sua boca.

A saudade era dela
A bebida era o beijo.

Elisa Lucinda

Plágio de nazismo não é caso isolado: Roberto Alvim é fruto do bolsonarismo

Jair Bolsonaro fala a jornalistas diante do Palácio da Alvorada, em Brasília, no dia 15/01 - Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Logo após a demissão de Roberto Alvim, as redes sociais foram tomadas por uma tentativa de passar pano para o presidente da República e o governo federal, como se o que tivesse acontecido fosse um desvio da curva, por culpa única e exclusiva do, agora, ex-secretário de Cultura. Entretanto, o vídeo gravado por ele não foi um ato isolado, mas a consequência da presença do bolsonarismo no poder, um grupo que normaliza as violências simbólica e física, transformando-as em ferramentas da prática política cotidiana. Não era portanto um raro fruto podre que manchava a reputação da árvore, mas mais um. Ou seja, já surgiu antes e acontecerá novamente. 
Para ler o texto de Leonardo Sakamoto clique aqui

Leia ""Terrível semelhança": historiadores analisam vídeo de Alvim" de Jorge Paulino e Igor Rocha clicando aqui

Leia "Um pastiche de Goebbels" de Fernando Brito clicando aqui

Leia "Advogados entram com representação contra Alvim no MPF" clicando aqui

Leia "Luis Miguel: governo Bolsonaro tem piração, amadorismo e incompetência" clicando aqui



Leia "Bolsonaro e a arte de ignorar denúncias de corrupção contra seu Governo" de Afonso Benites clicando aqui

Leia "Leia um trecho do livro "Tormenta", de Thaís Oyama" clicando aqui

Leia "O que esperar da primeira fornada de livros didáticos sob Bolsonaro?" de Thais Reis Oliveira clicando aqui

Leia "Caso Marielle: as tramas do único crime que pode derrubar governo Bolsonaro" de Frederico Rocha Ferreira clicando aqui

Leia "Do genocídio negro à 'palmitagem', debate sobre racismo se multiplica e enfrenta contradições" de Felipe Betim clicando aqui

Leia "A exaltação da sexualidade e o ascetismo pentecostal. Funk e pentecostalismo estão em permanente contato nas periferias" Entrevista com Réia Silvia Pereira clicando aqui

Leia "Desemprego: a tática para maquiar informalidade" de Maria Emilia Alencar clicando aqui

Leia "A educação redefinirá o futuro do Brasil" Entrevista com Jaime Giolo clicando aqui

Leia "Os resistentes da Casa de Rui Barbosa" de Léa Maria Aarão Reis clicando aqui

Leia "Existe Polícia Cidadã? Um PM responde" de Martel Alexandre del Cole clicando aqui

Leia "Tenho três pós-doutorados, uma deficiência e nenhum emprego" de  Paulo Tadeu de Oliveira clicando aqui

Leia "Seria eu uma mãe acabada? O mito da beleza e o deboche de Victor Chaves" de Júlia Rocha clicando aqui

Leia "Fascinante é produzir comida de verdade" de Denis Monteiro clicando aqui

Por que votamos em Hitler


Por que a Alemanha, o país com um dos melhores sistemas de educação pública e a maior concentração de doutores do mundo na época, sucumbiu a um charlatão fascista? 
Para ler o texto de Oliver Stuenkel clique aqui

Leia "Nazismo: banalidade do mal ou gozo dos carrascos?" de Jordi Dean clicando aqui

Assista ao filme ""Arquitetura da destruição" (Peter Cohen) - Filme raro do Nazismo" clicando aqui

Leia "Armas nucleares ou biológicas: o Irã é tão perigoso para o mundo?" clicando aqui

Leia "Thomas Friedman e a desinformação da "burrice"de Bruno Lima Rocha clicando aqui

Assista o vídeo "EUA: o fenômeno Bernie Sanders por Antonio Martins clicando aqui

Leia "Em vigor há quase 60 anos, Trump endurece lei que proíbe cidadãos de visitar Cuba livrementede Roberto Hernández Solano clicando aqui

Leia "Rússia denuncia política desestabilizadora e de manipulação dos EUA no mundo" clicando aqui

Leia "Sobre sionismo, imperialismo, fundamentalismo e outros ismos: uma análise históricade Paulo Cannabrava Filho clicando aqui

Arnaldo Antunes - "O real resiste"

Resultado de imagem para O Real Resiste - Arnaldo Antunes

Para assistir à interpretação de "O real resiste" na voz de Arnaldo Antunes clique no vídeo aqui

Parasita: a arte perturba menos que a realidade


Na “rica” Coreia do Sul, população empobrecida vive amontoada em lugares precários. Endividada, transita em empregos precários. Saúde e educação são caríssimas. Na ficção, elementos para entender os brutais impactos do neoliberalismo. 
Para ler o texto de Jacobin Brasil clique aqui


Cinema: Longa (e humana) viagem Itália adentro


Em A melhor juventude, de Marco Tullio Giordana, o melhor da tradição do neorrealismo. Pelas lentes de dois irmãos e uma jovem, quatro décadas de história: o declínio de sindicatos, a Máfia, a ascensão de Berlusconi e as Copas do Mundo… 
Para ler o texto de José Geraldo Couto clique aqui



YouTube promove vídeos com desinformação sobre mudança climática, mostra estudo

Ilustração

Um estudo realizado em seis países indica que o YouTube está impulsionando conteúdo desinformativo sobre as mudanças climáticas — marcas reconhecidas estão ajudando a financiá-los, inadvertidamente. 
Para ler o texto completo clique aqui


Aquecimento global: 7 gráficos que mostram em que ponto estamos

Urso polar

As mudanças climáticas devem causar grandes transformações em todo o mundo: o nível do mar vai subir, a produção de alimentos pode cair e algumas espécies talvez sejam extintas. A Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que o mundo precisa limitar o aumento da temperatura média global a menos de 1,5 °C em relação aos níveis pré-industriais. Mas, de acordo com os cientistas, cumprir a meta de 1,5 °C exige "mudanças rápidas, de longo alcance e sem precedentes" em todos os aspectos da sociedade. Afinal, o quão quente o mundo está e o que pode ser feito? Para ler o texto completo clique aqui

LIVRO - Tecnologías digitales: miradas críticas de la apropiación en América Latina / Oscar Grillo ... [et al.]

Resultado de imagem para Tecnologías digitales

Este libro compila los trabajos presentados en el Tercer Encuentro de la Red de Investigadores sobre Apropiación de Tecnologías digitales (RIAT) que tuvo lugar en Montevideo, los días 14, 15 y 16 de noviembre de 2018. La organización estuvo a cargo del Observatorio de Tecnologías de la Información y la Comunicación (https://observatic.edu.uy/) del Departamento de Sociología de la Facultad de Ciencias Sociales de la Universidad de la República, en Uruguay. Participaron del encuentro 50 investigadores de la RIAT que está compuesta por investigadores de diferentes países como Argentina, Brasil, Chile, Colombia, Costa Rica, Ecuador, España, Francia, México, Perú, República Dominicana y Uruguay. Los miembros de la RIAT participantes, intercambiaron a partir de paneles, conferencias magistrales públicas y presentación de ponencias en diferentes grupos de trabajo. Este libro incluye una selección de trabajos que evidencian las reflexiones y debates que allí se abordaron. 
Para ter acesso ao livro completo (408 págs.) clique aqui

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP