quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

"Paraíso" - David Mourão-Ferreira

Imagem relacionada

Paraíso

Deixa ficar comigo a madrugada,
para que a luz do Sol me não constranja.
Numa taça de sombra estilhaçada,
deita sumo de lua e de laranja.
Arranja uma pianola, um disco, um posto,
onde eu ouça o estertor de uma gaivota...
Crepite, em derredor, o mar de Agosto...
E o outro cheiro, o teu, à minha volta!
Depois, podes partir. Só te aconselho
que acendas, para tudo ser perfeito,
à cabeceira a luz do teu joelho,
entre os lençóis o lume do teu peito...
Podes partir. De nada mais preciso
para a minha ilusão do Paraíso.

David Mourão-Ferreira 

Em busca da funda de David


Uma análise estratégica da conjuntura. Como a esquerda deixou de enfrentar o capital no terreno dos projetos de mundo, da cultura e da formação política e se limitou à disputa institucional. Por que isso leva à derrota certa. 
Para ler o texto de Maurício Abdalla clique aqui

Leia "Bolsonaro, o pirralho que fala fino com Trump e grosso com Greta" de Kiko Nogueira clicando aqui

Leia "Notas sobre o bonapartismo, o fascismo e o bolsonarismo" de Bernardo Ricupero clicando aqui

Leia "Alinhado a Trump, Brasil sediará reunião dos EUA sobre paz no Oriente Médio" de Jamil Chade clicando aqui

Leia "Militares de baixa patente romperam com Bolsonaro, diz sindicalista" clicando aqui

Leia "Retomada econômica extremamente tímida - o desemprego continua resistente" Entrevista com Walter Rodrigues clicando aqui

Leia "Como "efeito Bolsonaro" coloca Amazônia em risco" de Clara Roman clicando aqui

Leia "Brasil está entre países com piores políticas climáticas, diz índice" de Tamsin Walker clicando aqui

Leia "A esquizofrenia da PM" de Jorge Antonio Barros clicando aqui

Leia "Ratinho Junior quer gastar r$ 309 milhões em estrada sob medida para porto privado ao lado da Ilha do Mel" de Lorena Aubrift Klenk clicando aqui

Leia "Mundinho exclusivo do mercado de luxo" de Fernando Nogueira da Costa  clicando aqui

Leia ""Estão ideologizando um assunto científico", diz presidente da Anvisa sobre maconha medicinal" de Marcella Fernandes clicando aqui

Leia "Relatório denuncia perseguição a acadêmicos e universidades no mundo, com destaque inédito ao Brasil" de Mariana Alvim clicando aqui

Leia "PÓS-GRADUAÇÃO: Avaliação em 5 dimensões" de Fabrício Marques clicando aqui

Leia "MEC lança Diploma Digital para agilizar e reduzir custos de emissão" de Larissa Lima e Bianca Estrella clicando aqui

Vivemos uma crise do modelo patrimonialista e neoliberal do mundo árabe

Revolta na Praça Tahrir, no Egito, 2012.

Nesta primeira parte da entrevista de Gilbert Achcar à Marxist Left Review, o autor mostra a especificidade do neoliberalismo autoritário árabe e reflete sobre o caráter estrutural da crise que acontece nesta região do mundo. “As revoluções sobreviventes no Médio Oriente e Norte de África (parte um)”.
Para ler sua entrevista clique aqui

Leia "Desigualdade rouba até 18 anos de expectativa de vida na América Latina" de Javier Salas clicando aqui

Leia "David Inca: ''na Bolívia temos uma agressão cruel e covarde aos direitos humanos''clicando aqui

Leia "Na Hungria ou no Brasil, a arte volta a ser escudo da democraciade Jamil Chade clicando aqui

Leia "Êxodo pelo Brexit agrava a crise da saúde pública britânicade Cristina Galindo clicando aqui

Leia "Leonardo Boff - "A pós-verdade: Sócrates morreria de tristeza""  clicando aqui

Leia "Ilhas de calor atormentam as metrópolesde José Eduardo Mendonça clicando aqui

Leia "La memoria, entre la política y la ética / Héctor Schmuclerclicando aqui

Moçambique - "Mussakaze" - Grupo Ghorwane

Resultado de imagem para Mussakaze - Ghorwane ft Dj Ardiles

Para assistir à interpretação de "Mussakaze" pelo grupo moçambicano Ghorwane clique no vídeo aqui

As plantas são inteligentes, talvez mais do que nós

Resultado de imagem para As plantas são inteligentes, talvez mais do que nós

Quando se pergunta ao botânico Francis Hallé (Seine-PortFrança, 1938) como se interessou por plantas, responde: “Como não poderia me interessar?”. Esta resposta resume a paixão pelo mundo vegetal desse professor emérito da Universidade de MontpellierHallé ficou famoso nos anos 1990 por suas expedições em balão de ar quente sobre as florestas tropicais. Sua principal descoberta é a arquitetura das árvores. Cada espécie é uma combinação concreta de algumas características: ramos verticais e ramos horizontais, flores nas laterais dos galhos e na ponta, e assim por diante. Existe milhares e milhares de combinações possíveis, mas todas as árvores conhecidas usam apenas 24 delas e ainda não se sabe o motivo. Hoje, o cavalo de batalha de Hallé é a inteligência vegetal. Ele falou sobre isso em Barcelona, por ocasião dos 20 anos do Jardim Botânico da cidade.
Para ler a entrevista de Francis Hallé clique aqui

Mulheres e negros estão fora de melhores do ano. Os novos tempos acabaram?


Desde 2017, a indústria de Hollywood prometeu ficar mais "inclusiva" (a palavra está em aspas porque colocar mulheres e negros na mesma situação que homens brancos deveria ser o normal, já que somos mais da metade da população).  As coisas pareciam estar mudando quando, em 2017, o escândalo do "Me Too" apareceu, levando mulheres do mundo todo a falar não só sobre assédio, mas para gritar pelos mesmos direitos também em Hollywood, onde foi criado o movimento "Times Up". 
Para ler o texto de Nina Lemos clique aqui

Comparar Fidel a Pinochet é ceder à falaciosa teoria dos dois demônios


Não há semelhança entre uma revolução que se defendeu e uma ditadura que recorreu à repressão para concentrar renda. 
Para ler o texto de Breno Altman clique aqui

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP