sexta-feira, 20 de setembro de 2019

"Poemas para a amiga (Fragmento 6)" - Affonso Romano de Sant'Anna

Imagem relacionada


Poemas para a amiga (Fragmento 6)

Estás partindo de mim
e eu pressinto que me partes,
e partindo, em ti me vai levando,
como eu que fico
e em mim vou te criando.

Tanto mais tu me despedes
e te alongas,
tanto mais em mim vou te buscando
e me alongando,
tanto mais em mim vou te compondo
e com a lembrança de teu ser
me conformando.

Estás partindo de mim
e eu pressinto
na verdade, há muito que partias,
há muito que eu consinto
que tu partas como um mito..

Mas não és a única que partes
nem eu o único que fico:
sei que juntos e contrários
nos partimos:
-pois tanto mais nos desencontros nos revemos,
tanto mais nas despedidas consentimos.

Affonso Romano de Sant'Anna

Documentos e áudios inéditos mostram plano de Bolsonaro para povoar Amazônia contra chineses, ONGs e Igreja Católica


O governo de Jair Bolsonaro está discutindo, desde fevereiro, o maior plano de ocupação e desenvolvimento da Amazônia desde a ditadura militar. Gestado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos, com coordenação de um coronel reformado, o projeto Barão de Rio Branco retoma o antigo sonho militar de povoar a Amazônia, com o pretexto de desenvolver a região e proteger a fronteira norte do país.
Documentos inéditos obtidos pelo Intercept detalham o plano, que prevê o incentivo a grandes empreendimentos que atraiam população não indígena de outras partes do país para se estabelecer na Amazônia e aumentar a participação da região norte no Produto Interno Bruto do país. A revelação surge no momento em que o governo está envolvido numa crise diplomática e política por conta do aumento do desmatamento no Brasil. Bolsonaro se comprometeu a proteger a floresta em pronunciamento em cadeia nacional de televisão, mas o projeto mostra que a prioridade é outra: explorar as riquezas, fazer grandes obras e atrair novos habitantes para a Amazônia. 
Para ler o texto completo de Tatiana Dias clique aqui
Leia "Do ataque à corrupção às sutilezas da ordem pecuniária" de Magda Barros Biavaschi e Carlos Eduardo Fernandez da Silveira clicando aqui
Leia "Como o Brasil está descumprindo mais de 200 recomendações feitas na ONU" clicando aqui
Leia "Bolsonaro já entrará derrotado nas Nações Unidas" de Leandro Fortes clicando aqui
Leia "Bolsonaro, o anacronismo genial-idiota" de Rodolpho F. Borges clicando aqui
Leia "CPMI vai revelar fábrica de fake news de Bolsonaro e Steve Bannon, diz Zarattini" clicando aqui
Leia "O Brasil está atrasadíssimo no debate sobre a macroeconomia" de Paulo Nogueira Batista Jr. clicando aqui
Leia "Agronegócio dividido? Lideranças divergem sobre escândalos ambientais" de Victor Ohana clicando aqui
Leia "Quem disciplina os desempregados" de Maria Cristina Fernandes clicando aqui
Leia ""Em Chamas". Uma potente defesa de um novo acordo social verde" de Cesar Locatelli clicando aqui
Leia "Combatendo fogo com fogo, "guardiões da floresta" perseguem madeireiros ilegais na Amazônia" de Leonardo Benassatto e Ueslei Marcelino clicando aqui
Leia "Léros Léros em Itaipu" de Thais Bilenky clicando aqui
Leia "Darcy Ribeiro e o Brasil de hoje" de Eric Nepumoceno clicando aqui
Leia ""Quero voltar a salvar vidas, o povo brasileiro sente nossa falta", diz médico cubano" de Denis Kuck clicando aqui
Leia "Revista Entreideias: educação, sociedade e cultura, v. 8, n. 2, (2019)" clicando aqui
Leia "Revista Perspectiva, v. 37, n. 2 (2019)" clicando aqui
Leia "Revista EDUCA, v. 6, n. 15 (2019)" clicando aqui
Leia "Revista Imagens da Educação, v. 9, n. 2 (2019)" clicando aqui
Assista ""O Silêncio dos Homens": documentário discute masculinidade tóxica" clicando aqui

Anatomia e imagens do grande protesto global


Não foi apenas a maior manifestação já realizada contra a destruição do planeta. Foi um sinal claro de que aumenta a consciência sobre as causas do problema e de que o movimento pode tornar-se ator central na contestação do capitalismo. 
Para ver as imagens do grande protesto global clique aqui

Leia "O capitalismo como imensa coleção de perguntas" de Priscila Figueiredo clicando aqui

Leia "Internet: liberdade é controle" de Rafael Evangelista clicando aqui

Leia "Revolução tecnológica na África planeja torná-la vanguarda na produção de energia limpa" de Razeena Raheem clicando aqui

Leia "Os jovens ativistas frente à crise ecológica do século 21" de Debora Diniz e Giselle Carino clicando aqui

Leia "Apenas um New Deal verde pode conter o eco-fascismo" de Naomi Klein clicando aqui

Leia "Ameaça de seca e tempestades na Europa e na América do Norte" de José Eduardo Mendonça clicando aqui

Leia "La nueva humanización del agua: Una lectura desde el ambientalismo" de Aníbal Faccendini clicando aqui

Veja a "Bienal de Istambul 2019 - em imagens" de David Levene clicando aqui

Veja "Aquele olhar, aquelas criaturas" de Francisco Ontañón clicando aqui

Leia ""A Herdade": a terra a quem a possui" de Eurico de Barros clicando aqui

Il Divo - "Hola"

Resultado de imagem para Il Divo, 'Hola' - TIMELESS Live In Japan

Para assistir à interpretação de "Hola" pelo grupo Il Divo clique no vídeo aqui

Os triângulos de Ruy Duarte de Carvalho

Mapa da costa meridional de Angola e do norte da Namíbia, colocada na abertura de A Terceira Metade e que poderá reproduzir a visão que Trindade teve do continente a partir da ilha de Santa Helena.
Mapa da costa meridional de Angola e do norte da Namíbia, colocada na abertura de A Terceira Metade e que poderá reproduzir a visão que Trindade teve do continente a partir da ilha de Santa Helena.

…a estória, então, ou a viagem que tenho para contar começaria assim: tem um lugar, dizia eu, tem um ponto no mapa do Brasil, tem um vértice que é onde os Estados de Goiás, de Minas Gerais e da Bahia se encontram, e o Distrito Federal é mesmo ao lado. Aí, sim, gostaria de ir…
Para ler o texto completo de Sonia Miceli clique aqui

"Bombozila"- a "Netflix" das lutas sociais: plataforma reúne filmes independentes sobre resistências

Na categoria "Luta Pela Terra" estão produções brasileiras como "Terra e sangue" e "Margaridas, luta e pé na estrada" - Créditos: Reprodução

A plataforma "Bombozila", criada em 2016, disponibiliza mais de 400 documentários independentes sobre mobilizações (luta pela terra, direitos...) e resistências no Brasil, América Latina e em todo o mundo. 

Para acessar a plataforma “Bombozila” clique aqui


Radicalização Islâmica no Norte de Moçambique O Caso de Mocímboa da Praia

Resultado de imagem para Radicalização Islâmica no Norte de Moçambique O Caso de Mocímboa da Praia

Numa altura em que Moçambique ainda estava num longo processo negocial com vista a pôr termo ao conflito decorrente dos resultados eleitorais das eleições gerais de 2014, o país foi surpreendido, a 5 de Outubro de 2017, com notícias de um ataque armado às instituições do Estado na vila-sede de Mocímboa da Praia, província de Cabo Delgado. Perpetrado por um grupo desconhecido, com reivindicações da prática de um Islão radical, este ataque armado era um fenômeno novo no processo político moçambicano e trazia uma série de questões não só do ponto de vista da natureza do grupo e suas motivações, como também no que se refere às implicações políticas, sociais e econômicas do próprio fenômeno para o país. 
Para ler o texto completo de Saide Habibe, Salvador Forquilha e João Pereira clique aqui

  © Blogger template 'Solitude' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP